TEDxGuimarãesWomen – The Space Between

 

 

TEDxGuimarãesWomen fez parte da iniciativa TEDxWomen. Aconteceu a 1 Dezembro de 2012.

TEDxGuimarãesWomen trouxe ao palco 4 oradoras e uma sessão em direto do evento TEDxWomen. Refletiu sobre o tema ‘The Space Between que pretende dar continuidade à discussão sobre a redefinição dos papeis tradicionais de homens e mulheres, de rapazes e raparigas; que procura compreender como é que as mulheres abordam os assuntos numa perspetiva mais do espaço cinzento, do que numa abordagem de preto-e-branco; e da exploração do espaço que está entre os extremos da vida, que muitas vezes é onde a vida acontece para as mulheres.

TEDxWomen – hosted por Pat Mitchell e pelo Paley Center for Media – aconteceu sexta-feira 30 de Novembro e sábado 1 de Dezembro de 2012, em Washington, D.C., Estados Unidos da América.

TEDxWomen – tema The Space Between – esteve em direto na internet (live stream) para a comunidade TEDx global. Organizadores de eventos TEDxWomen viram em direto (livestream) o TEDxWomen, e tiveram a oportunidade de receber oradores locais.

Esta segunda edição do TEDxWomen – a primeira trouxe ao palco oradores como Gloria Steinem, Dr. Oz e Jane Fonda, e foi visto em 120 comunidades TEDx por todo o mundo. O evento foi inspirado pelo TEDWomen, que aconteceu em 2010.

 

Programa TEDxGuimarãesWomen 1 dezembro 2012

Local: Museu Martins Sarmento – Salão Nobre

Morada:
Rua Paio Galvão
4814-509 Guimarães

Coordenadas GPS:
Latitude: N 41º 26′ 32.1″
Longitude: W 8º 17′ 46.2″

Participantes: 100

ORADORES

Lígia Santos

Engenheira Civil de formação, sempre gostou de cozinhar. Depois de uma década, a trabalhar como engenheira, o concurso televisivo Masterchef, do qual saiu vencedora, representou apenas aquele “click”, o empurrão final para a decisão de mudar definitivamente de linha e abraçar o projeto que há muito vinha sendo construído na sua mente.

O Club masterCOOK surge como ponto de partida para a partilha e desenvolvimento de experiências gastronómicas.

Pretende com a sua cozinha divulgar e explorar os sabores de Portugal. E se a isto ainda conseguir juntar uma pitada de inovação, tanto melhor. Por perto, procura ter sempre um cantinho de ervas aromáticas, é que a par da gastronomia tem uma outra paixão: a natureza.

Se é na arte do empratamento que finaliza toda a sua inspiração gastronómica, é na partilha da degustação dos seus pratos que atinge o ponto máximo de toda a sua aventura gastronómica. Defende que a melhor gastronomia vale pela qualidade genuína dos produtos que se utilizam. Para si, a cozinha é um ponto de encontro, seu e dos outros.

 

Marta Catarino

Coordena a área de Transferência de Tecnologia e Empreendedorismo na TecMinho e faz assessoria à Reitoria da Universidade do Minho nessas áreas. Com uma equipa espetacular, procura fazer com que o conhecimento que é criado na Universidade do Minho chegue ao mercado, sob a forma de novos produtos, processos e empresas. Inovar, procurar resolver os problemas da indústria e apoiar a criação de novas empresas é o que faz no dia-a-dia, numa curiosa profissão que não é fácil de explicar aos amigos mas que já a levou a 50 países. Nem só de inovação e tecnologia se faz uma vida: desde a sua fundação participa no coletivo Sindicato de Poesia e tenta acompanhar o filho na sua paixão pela pintura, particularmente de paredes.

 

Cláudia Amorim

Envolvida nas atividades do Portugal Girl Geek Dinners e Transparência Hackday Portugal.

Trabalha profissionalmente com o Drupal há 3 anos, tendo criado a marca Nodes, que agrega serviços de base Drupal, sendo membro na comunidade Drupal Portugal. O contacto com estas comunidades são uma fonte inesgotável de aprendizagens, networking e de oportunidades profissionais. Enquanto utilizadora de tecnologia software livre, sabe que essa é uma parte da equação. O resto tem a ver com pessoas, redes e entusiasmo pelo que se faz.

 

Leonor Valente Monteiro

Desde muito cedo quis ser útil à sociedade. Tem trabalhado na área dos Direitos Humanos, sobretudo no que concerne aos direitos das mulheres e das crianças, que considera ser o grupo mais vulnerável.
É advogada desde o ano 2000 na LVMCF Advogados, na cidade do Porto e recebeu em 2002 o prémio Lopes Cardoso atribuído pela Ordem dos Advogados.
Desde o ano 2003 que faz parte da Direção Regional do Norte da APMJ (Associação Portuguesa de Mulheres Juristas).
Já representou a APMJ no Quartel-general da Nato, a convite da “Public Diplomacy Division”, e junto do Parlamento Europeu em Bruxelas.
Foi selecionada pela European Roma Rights Center para um treino em litígios Nacionais e Internacionais (junto do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, Comité Europeu dos direitos sociais e órgãos da ONU) contra os abusos de direitos humanos e a discriminação.
Fundou e é Vice-Presidente da Associação Projecto Criar, prestando apoio jurídico gratuito a crianças e mulheres, na qualidade de vítimas.
Foi coordenadora do projeto “Ousar Vencer a violência na família” levado a cabo pela APMJ e é consultora no “Projecto Lexis“, também a cargo da APMJ, formando operadores judiciários na área da violência doméstica.

Editou vários artigos sobre direito da família, rapto internacional de crianças ao abrigo da Convenção de Haia, violência doméstica, igualdade de género e tráfico de seres humanos e foi co-autora de um manual de boas práticas para operadores judiciários e de um manual para formador@s na área da igualdade de género.
E é realmente a área da igualdade de género que a fascina, pois de facto ao longo dos seus 12 anos de trabalho nesta área chegou à conclusão que a resposta para todas as discriminações e violência contra mulheres se encontra nessas 3 palavras. Daí o seu empenho no estudo aprofundado sobre esta temática de modo a tentar entender como pode a barreira da desigualdade ser destruída com vista a conquistar uma sociedade mais igualitária e justa.